Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário Medicina Preventiva

Uma intensa viagem pelo dia-a-dia de uma estudante de Medicina e, além disso, algumas indicações sobre a importância da prevenção para preservarmos a nossa saúde.

Diário Medicina Preventiva

Uma intensa viagem pelo dia-a-dia de uma estudante de Medicina e, além disso, algumas indicações sobre a importância da prevenção para preservarmos a nossa saúde.

01.Jul.09

PRIORIDADES PARA O H1N1

 

 

O Ministério da Saúde tem estado a decidir que grupos incluir na lista de prioridades para quimioprofilaxia para a Gripe A.

Apesar da morte da jovem grávida em Espanha, o grupo das grávidas ainda está a ser estudado para perceber até que ponto são ou não mais vulneráveis à infecção por esta estirpe do vírus Influenza. Grupo já garantido na lista para receber a vacina contra a gripe A (quando esta estiver disponível) é o dos asmáticos, visto que a patologia respiratória prévia agrava os sintomas da gripe A e a evolução e o prognóstico da doença. Estudos demonstram que o vírus parece mesmo precipitar crises de exacerbação aguda da asma.

Outros doentes com patologia crónica do foro respiratório (DPOC), patologia cardíaca ou metabólica (diabetes) também parecem ser doentes mais susceptíveis perante a doença.

Porém, os estudos para compreender o vírus continuam e as prioridades ainda não estão definidas, nem a nível nacional, nem a nível internacional.

 

 

Entretanto o número de infectados subiu para 18 no nosso país, sem qualquer registo de caso mortal.

A identificação dos sintomas pelo doente e a comunicação dos mesmos à linha de saúde 24 (808 24 24 24) é fundamental:

- febre repentina (superior a 38ºC)

- tosse intensa

- cefaleias

- artralgias (dores articulares)

- anorexia (falta de apetite)

- congestão nasal

- mal-estar geral

 

O diagnóstico é realizado no hospital através da análise das secreções e do sangue (identificação de anticorpos).

O tratamento tem sido bastante eficaz e consiste na administração dos inibidores da neuraminidase, particularmente, o oseltamivir (Tamiflu). Após um caso relatado de resistência a este antiviral, foi também administrado o zanamivir, da mesma classe de fármacos, que eliminou a infecção.

A higiene das mãos é uma importantíssima medida de prevenção primária.

 

1 comentário

Comentar post